Google+ Followers

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Sim ou Não?


Deus ficou irado porque Balaão foi. Balaão ia montado na sua jumenta, e dois dos seus empregados o acompanhavam. De repente, o Anjo do Senhor se pôs na frente dele no caminho, para barrar a sua passagem. Números 22:22

Diariamente nos colocamos em situações onde devemos decidir pelo sim ou pelo não. Há situações corriqueiras e simples onde essa escolha nada mais é que nossa rotina, porém há aquelas situações que podem mudar e definir muitas coisas a curto e longo prazo. Deus não nos fez robôs como muitos aí dizem ou pensam. Ele nos deu o livre arbítrio para fazer essas escolhas, contudo sempre sabendo o que é melhor ou não para nós.
Esse versículo mostra muitas coisas interessantes as quais quero ressaltar duas. Primeiro vamos entender em que contexto esse trecho faz parte. O povo de Israel, liderado por Moises, estava em busca da terra prometida e avançava por novas terras e países. Neste momento eles estavam acampados nas planícies de Moabe. Balaque, o rei dos moabitas, vendo a multidão que era o povo ficou com medo e mandou chefes até Balaão para que viesse e amaldiçoasse esse grande povo para que ele não perdesse suas terras e riquezas.
Em primeiro lugar devemos sempre pedir a orientação de Deus para onde ir e com quem ir. Balaão tinha encontros com Deus, e ele buscava saber qual passo dar adiante. O que vemos hoje em dia principalmente nas redes sociais são postagens de cristãos e falsos cristãos dizendo que esperam em Deus, que buscam Deus, que a resposta vem somente Dele, mas se você parar para perguntar para cada um, serão poucos os que realmente vivem isso. Paulo em Gálatas 5:25 diz: “Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito”. Ou seja, uma coisa é dizer estar cheio do Espírito e outra é viver sob o controle Dele.
Em segundo lugar é que quando você busca uma resposta e um direcionamento em Deus e Ele te der um NÃO como resposta, é pra você receber e aceitar esse NÃO, podemos não entender as vezes mas é simplesmente o melhor para nós. É muito difícil o ser humano aceitar um não como resposta, sempre temos aquela desculpa: “mas será que é um não mesmo? Mas e se for coisa da minha mente?” mas quando nossa mente cria um suposto SIM, não hesitamos e tomamos aquilo como uma resposta de Deus. Balaão havia recebido um não de Deus, mas ele insistiu. Isso que Deus fez é o que chamamos de Lei permissiva de Deus, não é que Deus mudou de ideia, mas Ele vai permitir que você viva aquilo, pois é o que você escolheu, porém o caminho dessa escolha será tortuoso, contudo quanto antes você se recolher a Deus, mais cedo você irá sair desse caminho tortuoso escolhido.
E em ultimo lugar, Deus nos ama tanto que mesmo fazendo escolhas erradas e ignorando a sua vontade, Ele irá sempre nos livrar do inimigo e de nossas próprias vontades. Balaão mesmo assim foi com os chefes moabitas, mas durante o caminho um Anjo do SENHOR aparece para a jumenta e ali se dá uma das histórias mais conhecidas da Bíblia Sagrada. Se você acompanhar o texto em mais alguns versículos vai ver que Deus muitas vezes age assim conosco. Tomamos uma decisão que no fundo sabemos que não é de Deus e durante esse caminho Deus começa a nos dar sinais, falar conosco, mas estamos tão cegos e surdos que não ouvimos ou vemos o suficiente para ver e ouvir o que realmente temos que fazer. É muito triste quando sentimos que Deus nos aponta um caminho, mas ignoramos e continuamos por outro.
A cada dia que passa aparecem mais caminhos para se seguir. O endomismo, que é a busca pelo prazer está se alastrando em meio ao povo cristão, corrompendo vários princípios. Do que adianta orar se só vai fechar os ouvidos pra Deus para ouvir o que você mesmo produz? Creio que já tem se levantado uma leve perseguição contra nós, uma perseguição que ganha força com falsos mestres pregando merdas na televisão. Homens e mulheres que atraem milhões de pessoas para um caminho tortuoso. Homens e mulheres que nos fazem ficar cegos e surdos para o verdadeiro evangelho. Não vamos deixar que aconteça o mesmo com Balaão, onde Deus manda um anjo em nosso caminho e não conseguimos vê-lo. Ou você dirá SIM a essa porcaria de mundo, ou dirá SIM para Jesus e enfrentará toda essa calamidade com cabeça erguida e força para prosseguir, sabendo que o que nos aguarda é a vida eterna. Deus abençoe.


The Sound Of Truth (O som da Verdade)

Temos ouvido tudo que queriamos ouvir
A "Verdade" que soa bem aos nossos ouvidos

Mas que sabedoria há em nós
Para vivermos segundo nossos corações?
Quantas vezes a intuição nos desapontou
Não pensar
Não ser questionado
Diga o que quer dizer
Quando sua ambição te chama
Para que serve orar
Se você só ouvirá o que quer ouvir?

Falamos de lutar para resistir a este mundo
Mas, e quanto à batalha que existe dentro de nós?
Se temos escolhido viver ao contrário
Então como estamos diante do mesmo caminho?
Não há diferença entre nós e eles
Se buscamos tão cegamente a verdade dos sentimentos.
(AS I LAY DYING)

terça-feira, 21 de maio de 2013

Plantar para colher

O Senhor Deus respondeu a Moisés:
— Reúna para mim setenta homens, que você sabe que são líderes, entre os mais respeitados do povo de Israel; leve-os até a Tenda Sagrada e fique ali com eles. Então eu descerei e falarei com você ali; tirarei uma parte do Espírito que lhe dei e darei a eles, para que o ajudem no pesado trabalho de cuidar do povo. Assim, você não precisará fazer isso sozinho. – NÚMEROS 11:16 e 17

Nesse momento Moisés se via sem saída tamanha era a reclamação do povo de Israel. O povo não parava de se multiplicar e com ele as murmurações. Moisés clama a Deus por um auxílio. Chegou até no ponto de perguntar porque então não era morto de uma vez.
Creio que muitas vezes nos encontramos desgastados, irritados, desanimados e sem saída quando se trata de lidar com pessoas. Mas existe bicho mais complicado que o ser humano? Com certeza não! Muitas vezes usamos passagens da Bíblia como esta para chamar mais pessoas á obra; para animar aqueles que estão desanimados dentro da igreja e que tem alguma responsabilidade ativa; ou, até mesmo para despertar os que estão negligenciando o trabalho depositado em suas mãos. Mas eu quero olhar essa passagem de uma outra forma, como sendo um desses 70 que foram separados para trabalhar com pessoas e que recebeu o poder do Espírito de Deus. 
É muito fácil ficar recrutando novas pessoas dentro e fora da igreja, não que isso não seja importante e preciso, porém, os "70 que receberam o poder de Deus" estão trabalhando? Nós somos esses 79. Você é! Eu sou! Como diz o texto, o trabalho é pesado, exige disposição, sacrifícios e sobretudo, amor. Se nos falta paciência, vontade e cuidado é porque está faltando amor. Não importa quantas pessoas sejam, um dos sentidos dessa vida é ajudar a dar sentido para outras vidas que ainda não o tem. Eu sempre digo: "se você não for ser coerente e nem fazer a diferença na vida da pessoa, se afaste e deixe que outra pessoa faça isso". Contudo, para fazer a diferença e trazer esperança e ânimo para uma alma desencorajada e sem sentido é você primeiro entender o que significa a graça de Jesus Cristo na sua vida.
Muitos hoje ainda querem ser um dos 70 vivendo sob a lei. Querendo impugnar a vida das pessoas com leis e ritos, quando só tem que ter empatia desenvolvendo amor e graça de Cristo na vida da pessoa. Não digo que seja fácil, pois são vários os temperamentos e personalidades, porém a palavra de Deus é a mesma para cada personalidade, temperamento e cultura. Vamos orar a Deus e nos entregar sendo parte desses 70. Vamos parar de ficar esperando apelos ou duras de outras pessoas nos chamando para ajudar nesse trabalho. Vamos por em prática o poder que Deus nos deu tanto no efetuar quanto no falar e fazer a diferença, pois a pessoa que está a nossa frente hoje pode não estar amanhã. Não vamos esperar o fruto crescer sem antes plantar, não existe colheita sem trabalho, não existe fruto sem antes de comprometer e se dedicar aquilo. Não vamos somente cativar as pessoas, mas antes vamos nos tornar responsáveis de uma vida nova para esta pessoa.
Deus Abençoe!